Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


Tanto sol e luz
- calor -
desço da cruz,
e vejo o mundo por outros raios.
Minhas chagas não têm tamanho,
perto do coração de quem não tem alento.
Minhas dores não são nada,
comparadas ao desamparo dos olhos que não recebem troco.
Caminho com pés em poças,
e choro lágrimas de rubro sentir.
Tanto tempo e estrada
- eras -
e ainda sou crucificada pela inércia
a cada dia de Natal.

Lílian Maial

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 11/12/2007


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet