Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


VERSO ENCABULADO
®Lílian Maial


O verso pode ter-se encabulado,
na voz ou na garganta, preso ao céu
da boca, que o retém amargurado
nos dentes, qual grilhões ao verbo incréu.

Se o teu poema chora, mutilado,

o pranto que a tristeza fez heréu,
não digas que o destino está selado,
pois sabes que ele é brasa ao fogaréu!


A luz do verso é tanta, que ele explode,
em rimas ricas, como um salmo enode,
que amarra um ramo de sutil saudade.

Debalde o tempo afia a sua foice,
A poesia espanca feito coice,
E este soneto nasce em liberdade!

 
 
**************


*inspirado no poema VERSO DE FINAL DE TARDE, de Fernando Cunha Lima
 
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 27/08/2020


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet