Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


CERZIDURAS
®Lílian Maial
 
 
 
 
A solidão se apega aos dias
 
- sorrateira –
 
e encobre a sombra
 
amalgamada no tempo,
 
como um fragmento de tecido
 
alinhavado de horizonte.
 
 
No hiato de um sorriso pretérito,
 
a alegria puída ladeia-se ao amargor,
 
em negaceios de adeuses.
 
 
No bastidor,
 
um poema de linho remenda o peito,
 
em crepuscular ofício de cerzir lembranças. 

 
 
*****************
 
 
 
 
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/03/2010


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet