Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


IMPRESSO
®Lílian Maial
 
 
 
no antigo retrato 
pregos de flores secas
teus traços pendurados
se confundem com o entardecer
 
imponho-me a lembrança de sol
um tempo em que a boca
derramava palavra e sorrisos
 
acostumei com ausências
vazios, esperas
gotas de mobília
teu rosto ainda me enxerga
- na parede -
sobrevivente
 
os dentes alvos se vingam
cravam na moldura a sombra
que se esvai no último reflexo
 
cai a noite
e os mesmos olhos opacos
filtram temores e desejos
 
a imagem na parede
desbotada sentença.

 
***********
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 28/11/2009
Alterado em 28/11/2009


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet