Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


TANTO FAZ...
®Lílian Maial           


 
De uns tempos para cá,
Aceitei receber as migalhas de risos,
Enfrentei o reflexo do espelho,
Encarei, à força, o que se foi,
E convivo todos os dias com os fantasmas que me assombram.
 
Acostumei-me com cada nova ruga no rosto,
Cada nova dobra de pele,
Cada simples limitação aos meus tantos e tolos desejos.
 
Também me adaptei às longas noites de insônia,
À falta de silêncio que minha mente confusa me impõe,
Às aparências que já não me enganam.
 
Atravesso diariamente a ponte entre o que fui e o que nunca mais serei,
O que tive e o que jamais terei,
O que pude e o que não posso mais.
 
E, disto tudo, resta uma certeza inabalável:
Depois que se perde a inocência dos planos,
A esperança das promessas,
A certeza absoluta que se partiu,
Tanto faz...
 
Então, por que ainda teimam em escorrer lágrimas na face?
 
**************
 
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 26/10/2009


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet