Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


Sem Nada Pra Dizer, Digo: Quem dera!
Lílian Maial 



Sem nada pra dizer, digo: quem dera!
Poder voltar no tempo de um talvez,
não ter tanta certeza, e a insensatez
domar a minha vida tão austera. 


Sem nada pra dizer, tento a quimera!
Um sonho de acordar sem ser a vez,
beber do teu sorriso, embriaguez,
sorver do teu amor sem mais espera. 


Sem nada pra dizer, sigo calada,
Nos passos de silêncio e escuridão,
perdida entre as estrelas tão distantes. 


Quem dera! O teu olhar, na madrugada,
dois sóis ardendo versos de paixão,
cadentes nos meus braços delirantes! 


*******

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 24/05/2009


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet