Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


ESCANDINDO ESTRELAS
© Lílian Maial



Os ventos só me sopram incertezas.
Os rios correm cegos, sem pensar
que as pedras formam sólidas represas,
e o leito chora o fim, ao desaguar.

Preciso viajar nas correntezas,
içar as velas prenhes nesse mar,
buscar as companheiras das empresas
que a escuridão ajuda a ver brilhar.

Eu quero a rima rica das estrelas,
contar todas as sílabas do verso
que, um dia, sem querer, ouvi cantar!

Guardar nas mãos as luzes, sem prendê-las,
e vagalumear pelo universo,
que a voz do meu amor há de estrelar!

**********

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 04/12/2008


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet