Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


POECÍDIO
Lílian Maial


em silêncio
navalha no verso
jorram sílabas carmim 

corte nas rimas
palavras anêmicas
idéias se esvaindo, nubladas

estrofe aliterada
em elipse
morreu poema

**********
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/11/2008


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet