Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


 

VOLTA
Pedro Galuchi

 

Resta uma saudade no meu coração

De um passado nem tão antigo

Um amor pra lá de muito amigo...

Bem mais que uma simples paixão...

 

Fica a esperança... Um belo dia

Ela reapareça vindo lá do nada

Qual doce feitiço de uma fada

Inspirando uma nova melodia

 

Ocorrem situações inexplicáveis

A gente ama e perde o contato

Fazendo na vida um grande hiato

Imensos vazios quase inexoráveis

 

Volte, ainda doloroso seja o caminho

Cure as feridas de algum sofrimento

Um bom carinho faz o tratamento

E é muito melhor que viver sozinho.

***********




VEM

Lílian Maial

 

 

Se nada mais importa, que o teu beijo amigo,

se nada mais me falta, que essa mão na minha,

só resta uma saudade, um doce e bom castigo,

de um tempo em que eu sabia não ser tão sozinha.

 

Se em tudo há uma certeza, que me faz abrigo,

se em tudo há uma lembrança, uma canção baixinha,

não quero o meu amor como um cruel jazigo,

nem quero essa mortalha de renda mesquinha.

 

Eu tenho inda esperança que o dia há de vir,

de ver o teu semblante e o teu calor sentir,

naquele eterno abraço que nos prometemos.

 

E então, nessa jornada, caminha sem medo,

retorna ao meu regaço, do longo degredo,

e vem cicatrizado, que o amor merecemos!

*********

 
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/04/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet