Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos

SOU FELIZ NESSE CORDEL, SE NO CORDEL TEM RUBÊNIO!


O Cordel está, sim, mais rico,
co’a presença transparente,
algo assim surpreendente,
que não é pra qualquer bico,
mas que por ele até fico,
atravesso outro milênio,
amanso e seguro o gênio,
adoço os lábios de mel.
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!

Renascida com vontade
de fazer arte e poesia
o cordel da alegria,
com amor e liberdade
pra dizer toda a verdade
tô entrando no convênio
pramodi  ganhar o prêmio
com passagem para o céu
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!

De branco ou bem colorida
voltei pra braços amigos
de leveza sem conflitos,
querendo viver a vida
nessa Usina tão querida
a quem dedico o empenho
minha casa e meu grêmio
como bem fez o Noel
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!

Beleza tá aí no peito
no olho que enxerga a alma
e a poesia mais calma,
de amizade e respeito,
falando a torto e a direito
por tudo que quero e tenho
capricho no desempenho
fazer com fé meu papel
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!

Agradeço os elogios,
me chamar de estrela e deusa
de manter a luz acesa,
de vencer os desafios
me provoca calafrios
e um contrair do meu cenho,
mereço tudo o que tenho
já amarguei muito fel.
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!

Não podia desdenhar
de um chamado cativante
Da confraria brilhante
que volto a participar
não dá nem pra disfarçar
Esse orgulho que desenho
Nas trilhas de onde venho,
Pra quem eu tiro o chapéu
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!

Teu peito não vai falhar
como não falham teus versos
os anos, por mais perversos,
Não podem te afetar
pois pr’um poeta matar
É preciso um catamênio
que apague desse milênio  
a existência do mel...
Sou feliz nesse Cordel,
Se no Cordel tem Rubênio!



PS: Esse cordel foi uma hoimenagem ao amigo cordelista Rubênio Marcelo, parceiro no site Usina de Letras.
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/11/2005
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet