Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


ENLUARADO
                                      ®Lílian Maial
 
 
Esse homem recendia a madrugadas,
Tecia luares na planície dos olhos,
Trazia o mar de calmaria das noites de hospedagem,
Exalava tormentas.
Suas mãos escapavam nas ondas e voltavam sob a pele.
Eu sabia esperar só para ver suas pegadas.
Ah! O mar do meu peito!
E todo o amor espraiado e sem recato.
 
Esse homem não reparava nas marés e vazantes,
Apenas ia e vinha.
Eu o aguardava em silêncio.
Mergulhava sem medo.
 
Ele me trouxe à tona num sonho de outono.
 
************
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 24/07/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet