Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


FRONDOSA
Lílian Maial
 
                         Para Valéria Tarelho
 
 
 
O dia me amanhece arbórea,
tronco arqueado, esgotada de seiva,
ainda em busca da renovação nas estações da palavra.
 
Não há invalidez nas plantas.
Os tantos galhos secos simplesmente se partem,
 sem questionamento.
Apenas consideram seu papel no todo.
 
Meus olhos despertam secos.
É preciso chorar pétalas,
derramar floradas de versos,
me refazer frondosa.
 
Sou milenar em cada rima,
secular em cada olhar,
rotina de gestos e sentidos.
 
É tempo de maturar o fruto,
estufa de quereres,
aguardar, com a sabedoria das árvores,
a colheita da poesia.
 
 
**********
 
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 28/11/2013
Alterado em 29/11/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet