Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


BONDINHO
®Lílian Maial


 
Um doce granito,
sustento de ousadia,
maravilha de criança,
carrega a visão de Augusto!

Da Ilha da Madeira,
o pão nosso de cada dia,
Ferreira Ramos nos deu hoje,
sonhou alto!

Há cem anos no céu
seu pássaro sem asa,
bonde flutuante na paisagem,
transporta açúcar e espanto,
aventura e mistério,
música e corpos banhados de amor.

A festa é tua,
o presente é do Rio.
Teu povo orgulhoso
que mora no cartão-postal.

Hoje é teu dia,
o mundo inveja,
Deus aplaude.
Parabéns!

 
*homenagem ao Bondinho do Pão de Açúcar, que hoje – 27 de outubro - comemora 100 anos de existência.
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 27/10/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet