Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


Outonal
© Lílian Maial
 
 

Um vinho tinto risca o entardecer,
embriagando o céu do teu sorriso,
qual nódoa no lençol do meu querer,
as nuvens brancas somem de improviso.


No chão, as folhas caem de prazer,
pintando de dourado, sem aviso,
caminhos de te amar e te esquecer
nas sendas desses olhos de granizo.


As chuvas que alagaram o azul da espera
nos rios do verão, a primavera
vai longe e deixa um beijo em minha fronte.



Repara que o inverno inda demora,
o sol se distraiu, perdeu a hora,
e a poesia morre no horizonte.

 
 
***************

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 20/03/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet