Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


O MEU CANTO TEU*
Lílian Maial
 
 
 
Meu canto é o teu cantar perto ou distante,
por mares, becos, ruas, poros, veias.

Teu canto encanta o meu que, agonizante,
alcança o teu cantar envolto em teias.

 

Meu canto ensaia a rima cintilante
do brilho das escamas das sereias,

que entoam tom suave e inebriante,
derramam versos-luzes nas candeias.



Eu canto o meu amor em alto brado
e sei que no teu peito passarinho
uma paixão habita imaculada.



Liberta o teu cantar por todo lado
e vem buscar, em mim, teu chão, teu ninho,
que a dois esse cantar não teme nada!



**************

*soneto em resposta ao  "O Teu e o Meu Canto" de Fernando Tanajura
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 25/01/2012
Alterado em 27/01/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet