Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


MAIS, MUITO MAIS...
Lilian Maial



Mais, muito mais que abrigo quente,
Teu ventre foi casulo de borboleta,
Milagre de colecionar gerações,
Do vinho e da multiplicação dos pães.

Mais, bem mais que cuidadosa,
Tuas mãos foram certeiras,
Ágeis como enfermeira,
A cuidar dos meus dodóis.

Mais, inexplicavelmente mais esperta,
Teus olhares sempre alerta
Aos meus dias de cólicas,
Aos meus medos da vida.

Mais, sempre mais do que eu esperava,
Me amando enquanto zangava,
Me empurrando, enquanto eu fugia,
Me sabendo, enquanto eu duvidava.

Mais, simplesmente mais bonita,
Hoje não te vejo tão vivida,
Como em tantos anos atrás,
Só que com muito, muito mais...

Mais, indubitavelmente mais velha,
Traços fundos, cara séria,
Sem sorrisos, sem festanças,
Sem perceber que inda sou tua criança.

Mais, te quero mais presente do que antes,
Te queria ver alegre novamente,
Sem rancores ou dores doravante,
A regar, com teus beijos, minhas sementes.

Mais, mãe, mais...

***********
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 09/05/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet