Lílian Maial

Basta existir para ser completo - Fernando Pessoa

Textos


Purpurina
 Lílian Maial
                                                                  (para Clodovil Hernandes)
 
 
Desse chão que me pariu,
a força e a raiz.
Desse véu que me cobriu,
apenas a seda lilás e o lindo brocado de ideais.
Dessa vértebra que me ergueu homem,
o mote para alcançar o bem e o mal.
Da que me deu vida,
toda a minha vida e a profunda certeza do etéreo.


***********
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 18/03/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras
 
Tweet